A ameaça já estava dentro da organização: Os ataques vêm de funcionários ou de alguém que sequestra as credenciais de usuários internos.

Dados não estruturados foram roubados ou vazados: Documentos, planilhas, imagens, vídeos e e-mails (o que você mais tem e que menos conhece).

Dados da Varonis mostram que, 47% das empresas têm, no mínimo, 1 mil arquivos sensíveis abertos a todos os funcionários. E, em 22% dessas mesmas empresas, 12 mil arquivos são encontrados nessa mesma situação.

É nesse cenário que a Varonis posiciona, com o intuito de ajuda-lo na prevenção de ameaças e ataques cibernéticos. Analisando o comportamento de usuários, a solução da Varonis envia alertas e reforça o modelo de privilégio mínimo, protegendo, de dentro para fora, as informações mais sensíveis dos negócios.

Entre os vários diferenciais proporcionados pela Varonis, estão:

  1. Segurança em conformidade com as regras e padrões incorporados à leis comuns, como LGPD, GPDR, HIPAA, SOX e PCI;
  2. Governança de dados;
  3. Identificação de atividades suspeitas com o User Behavior Analytics;
  4. Prevenção contra vazamento de dados;
  5. Proteção onde os dados estão: Exchange, Directory Services, Sharepoint, Unix/Linux e Office365;
  6. Rastreamento de usuários, monitoramento a cada toque, detecção de violações, bloqueio de dados sensíveis, limite de acesso de acordo com a necessidade do usuário.

 

Você tem interesse em conhecer mais sobre as soluções Varonis? Entre em contato conosco, CLIQUE AQUI!